quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Meu novo artigo: RELAÇÕES ENTRE COMUNICAÇÃO, VIVÊNCIA E DISCURSO EM VIGOTSKI: OBSERVAÇÕES INTRODUTÓRIAS

Compartilho com vcs meu novo artigo, ver aqui no academia.


Abraço, 
Gisele

---

Gisele Toassa Universidade Federal de Goiás
 Resumo 
Tendo como fonte uma pesquisa histórico-conceitual, o objetivo deste texto é debater as complexas relações de transição entre comunicação, vivência e discurso na obra de L. S. Vigotski, explorando sua evolução no pensamento do autor. Particular atenção será dada ao problema da inefabilidade, ou seja, das dificuldades de expressão da vivência e do pensamento no discurso, que permeiam tanto ordinários discursos cotidianos quanto processos mais complexos de criação verbal. Explicam-se tais fenômenos a partir de um breve panorama das influências, mormente no campo da crítica literária, sobre o autor na sua primeira obra, A Tragédia do Hamlet, Príncipe da Dinamarca, procurando, a seguir, tratar das peculiaridades adquiridas pela transição entre as vivências estéticas e o discurso, na Psicologia da Arte. Por fim, debatem-se os termos "vivência" e "sentido" na teoria histórico-cultural e suas relações com a transição pensamento-discurso na obra A Construção do Pensamento e da Linguagem, enfocada como obra de Psicologia da linguagem. Palavras-Chave: inefabilidade; Lev Semionovich Vigotski (1896-1934); crítica literária; vivências. 

--

Abraço/Best regards,
Gisele Toassa
---
"Nada estimo mais, entre todas as coisas que não estão em meu poder, do que adquirir aliança de amizade com homens que amem sinceramente a verdade" (Espinosa)
---
Acesse-me em: http://gtoassa.blogspot.com/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Total de visualizações de página